HomeHomePesquisa

Buracos do tamanho de quarteirões se formam no fundo do mar do Ártico, diz estudo

Um ‘privilégio de estar lá fora’: o fotógrafo sul-africano da vida selvagem, Chris Fallows, sobre sua carreira histórica
O “SS Baron Dechmont”, hoje conhecido como “Naufrágio do Pecém”

Cientistas marinhos descobriram sumidouros profundos – um deles maior do que um quarteirão de prédios de seis andares – e colinas cheias de gelo que se formaram “extraordinariamente” rápido em uma parte remota do fundo do mar Ártico.

O mapeamento do Mar de Beaufort, no Canadá, usando um veículo submarino operado remotamente e um sonar montado no navio, revelou as mudanças dramáticas, que os pesquisadores apontam ser resultado do degelo do permafrost submerso no fundo do mar.

As mudanças que os cientistas observaram ocorreram entre 2010 e 2019, durante os quais foram realizadas quatro pesquisas de mapeamento, cobrindo uma área de até 26 quilômetros quadrados.

É a primeira vez que uma área de permafrost submerso, uma camada congelada da superfície da Terra, é pesquisada dessa maneira, e não se sabe quão amplas são as mudanças semelhantes em outras partes do Ártico.

Fonte: https://www.cnnbrasil.com.br/tecnologia/buracos-do-tamanho-de-quarteiroes-se-formam-no-fundo-do-mar-do-artico-diz-estudo/

Comentários

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0