Raro registro do peixe-pelicano (Eurypharynx pelecanoides)

O incrível vídeo subaquático abaixo foi capturado como parte de uma expedição para documentar regiões desconhecidas do Monumento Nacional Marinho Papahānaumokuākea, um ponto subaquático que se estende a noroeste do Havaí, no norte do Oceano Pacífico.

Nele, pesquisadores identificam uma massa negra que parece uma bolha com uma longa e fina cauda.

Conforme a câmera, montada em um R.O.V. (veículo submarino remotamente pilotado), se aproxima dela, olhos esbugalhados surgem, para surpresa da equipe a bordo do navio de pesquisa Nautilus.

Quando a câmera chega bem perto da esfera, ela se transforma em outra coisa: uma forma torcida e amorfa, inflando-se o tempo todo.

Os cientistas exclamam, ponderando que esta deve ser sua defesa: o animal incha para mostrar quão grande pode ficar.

O que é essa criatura?

Balançando para a frente e para trás e voltando-se para a câmera, a massa esférica se divide ao longo de uma linha. O que vemos é a mandíbula da criatura, escancarada em forma de diamante.

Logo, retorna a sua forma normal e esbelta. Agora, é quase irreconhecível como o mesmo animal visto anteriormente.

De acordo com o Ocean Exploration Trust, a organização científica sem fins lucrativos por trás da missão Nautilus, o animal capturado neste vídeo é um peixe-pelicano (Eurypharynx pelecanoides).

Apesar de sua aparência assustadora, a criatura do vídeo provavelmente é ainda um juvenil. Adultos da espécie podem chegar a cerca de um metro de comprimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.