Prefeitura de Ilhabela decide naufragar navio W. Bernard

A Prefeitura de Ilhabela, litoral norte de São Paulo, decidiu pelo naufrágio controlado do navio de pesquisas oceanográficas Professor W. Besnard. A embarcação, que corre o risco de naufragar no Porto de Santos, está na região próxima ao atracadouro da Dersa, no cais do Armazém 5 do complexo, e é alvo de uma investigação do Instituto Brasileiro de Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

“Após o afundamento, a área do naufrágio será um atrativo para o mergulho, incrementando sobremaneira o desenvolvimento turístico para o nosso município, além da criação de um recife artificial, que promoverá a proteção da biodiversidade marinha e o aumento da produtividade biológica local”, destacou a Prefeitura de Ilhabela, em nota.

História

O navio norueguês, construído em 1966, começou suas atividades pela Universidade de São Paulo em 1967. O nome é uma homenagem ao primeiro diretor do Instituto Oceanográfico da USP, Wladimir Besnard, falecido em 1960. Após mais de 40 anos em operação, o W. Besnard se tornou um ícone na história da oceanografia brasileira.

Depois de sofrer um incêndio em 2008, a embarcação ficou com sua navegabilidade e outras funções comprometidas, tornando-a inoperante. Desde então, o navio permanece no Porto de Santos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.