Mergulho
em Natal

O mergulho em Natal é pouco explorado devido a condições de mar e vento. Essa fama de mar “batido” se deve ao fato de assim como os melhores pontos de surf do mundo, Natal possui janelas de mar flat e bons ventos. Portanto, mergulhadores desavisados tendem a vir em épocas inapropriadas ou pouco confortáveis.

 Geralmente de novembro a março a capital do Rio Grande do Norte oferece excelentes condições  com  visibilidade de 20 a 30 metros.

Pouco explorada, posso afirmar que Natal é a capital brasileira dos corais. Inclusive Estudos da Universidade Federal apontam uma grande quantidade de um peixe que é o queridinho dos fotógrafos, o Ciliares, ou peixe anjo. Tais peculiaridades já fizeram de Natal sede de uma etapa do campeonato Brasileiro de fotosub.

Existem em Natal,  formações com pedras Altas, dentre elas o Batente das Agulhas, com diversas pequenas cavernas que lembram um pouco o ponto Pedras Secas, em Fernando de Noronha.Na maior delas, existe uma imagem de uma Santa em que se acredita que protege os mergulhadores da região, o ponto está entre os 14 e 21 metros.

No Rio Grande do Norte, temos ainda um naufrágio com uma rica história e de uma beleza única, o cargueiro São Luis, possuía 113 metros de cumprimento. Com mais de um século desde do seu afundamento, quando se chocou com a risca do zumbi, o cargueiro repousa aos 27 metros de profundidade, desde então.

Na época do afundamento, em 1911, o Cargueiro São luis, era o maior navio de carga da frota Brasileira e possui.

Um peculiaridade nos chama a atenção é que, no vão principal, do Naufrágio, existem diversos tubarões lixas, onde pode se contar mais de uma dezena deles.

Outro fato importante, em uma das expedições feitas pela operadora Natal Divers, os primeiros mergulhadores que caíram na agua presenciaram um enorme tubarão tigre, que logo tratou de se afastar dos mergulhadores e sumir no azul do oceano.

Atualmente, Natal passou a ser mais explorada com uma parceria formada com a escola CCRBRAZIL e NatalDivers, onde a introdução das operações com Rebreather´s , fizeram com que em no ano de 2019 , três  novos pontos de mergulhos fossem descobertos. O que ganhou maior popularidade: foi o “Buraco do Gaba”, nome dado carinhosamente ao Instrutor renomado que participava da expedição de busca de novos pontos, junto com este escritor e o Alan Filgueira.

Portanto, quem quiser conhecer ou ter uma visão melhor dos mergulhos em Natal, não pode deixar de conhecer os mares potiguares, uma única certeza, os mergulhos nunca decepcionam.    

Victor Soares

Natural de Natal/RN, advogado, sócio da Brandão & Soares Advogados Ass.

Mergulha desde 1998 pela PDIC.

Mergulhador CCR Trimix, Cave Dive pela Iantd. Utiliza as maquinas Meg 15, SF2 e Prism2 e instrutor de Mergulho Advanced Recreational Trimix, formado pelo IT Gabriel Katter.

Sócio fundador da Escola de Mergulho CCR-BRAZIL de Natal/RN.

Tem como hobby mergulhar pelo mundo registrando cada momento.

INSTAGRAM: @CCRBRAZIL @VICTOR_B_SOARES

Email: victorbrunosoares@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.