Foi encontrado no mar de Fortaleza lixo dos Estados Unidos, África e Ásia

Foram encontrados no litoral de Fortaleza, mas de 10 mil tipos de resíduos diferentes no ano de 2018. Mergulhadores, voluntários e ambientalistas relatam o que não se vê ao olhar o mar de cima, a imensa quantidade de lixo sedimentada no fundo do oceano. 

Foto: Kiko Silva

Nós sabemos que essa triste realidade não ocorre somente nas praias quentes do Ceará, mas em todo Brasil. Entre os inúmeros tipos de lixo encontrado no mar, os que lideram a lista são: sacos plásticos, garrafas pet e bitucas de cigarro. O que surpreendeu os mergulhadores e pesquisadores é que foi encontrado resíduo e embalagens de outros países também.

Isso mostra que o problema não é local, mas sim global. Já que foi achado embalagens de lugares como Namíbia, Califórnia, Cingapura, Taiwan e Malásia, entre outros.

Projeto para a limpeza do litoral do ceara

Por meio do Grupo de Resíduos Urbanos (GRU), o Verdeluz realizou, em 2018, 11 coletas em nove pontos das praias da capital cearense, retirando mais de 90kg de resíduos da natureza. Já em 2019, o projeto Fortaleza pelas Dunas recolheu, em três coletas, quase duas toneladas de lixo das Dunas do Cocó. “Falta as pessoas perceberem o impacto que estão causando. Pensam ‘é só uma bituca de cigarro’, ‘é só um canudo’. E se fosse isso dentro do seu estômago? É isso que a fauna marinha sofre. Se as pessoas tivessem noção do dano, veriam que cada ação importa”, alerta mergulhadora e doutora em Ciências Marinhas, Cynthia Ogawa.

Resíduos sólidos mais encontrados no litoral de Fortaleza

  1. Bitucas de cigarro: milhares
  2. Canudos: + 3.000
  3. Fragmentos: + 2.300
  4. Embalagens: +1.500
  5. Tampas de PET: +1.200

Tempo de decomposição do lixo

  • Papel: 3 a 6 meses
  • Panos: 6 meses a 1 ano
  • Bitucas de cigarro: mais de 5 anos
  • Náilon: mais de 20 anos
  • Metal: mais de 100 anos
  • Plástico: mais de 400 anos
  • Vidro: mais de 1.000 anos
  • Borracha: tempo indeterminado

Efeito do lixo

Foto: Bigstock

É bem simples de entender quando falamos do efeito da poluição e do lixo nos oceanos. Os animais não foram preparados para digerir plástico. Imagine você com o estômago muito cheio, mas de uma coisa que não te nutre, e não consegue se alimentar?

Esse lixo produzido pelo ser humano, chega onde nem ele mesmo vai, você já pensou sobre isso?

As pessoas acham que o oceano é capaz de absorver todo o lixo, porem ele não é. Se nós não mudarmos o jeito que lidamos com a natureza, talvez não sobre nada para as próximas gerações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.