Dive For Fun – The Cool

Era 10 da manhã de sábado. As três salas de aula eram ocupadas pelos cursos Junior, Dive Master e Open Water. A loja também estava lotada por clientes contando suas aventuras e outros curiosos ouvindo e imaginando suas próximas viagens pelo mundo. Seria só mais um sábado se não fosse o preparativo da festa que começou bem mais cedo. Faixas com nome da Dive For Fun na grade, fita fixadora, fotos das viagens, quadros e no telão passavam as principais fotos dos últimos cinco anos da escola.

Logo os food trucks foram chegando, as mesas na área de estacionamento sendo montadas, balões de número 5 pendurados, quando souberam que um dos food trucks esqueceu de trazer os Veggie Burguers – um cuidado especial que Gabriel tem pelos clientes vegetarianos. Após um momento de correria tudo resolvido, o dono foi buscar pessoalmente. São imprevistos que fazem parte da festa e que no final, tudo vira uma diversão – ainda mais uma festa que está sendo preparada para receber pelo menos 300 pessoas, são muitos detalhes para cuidar.

Quando Gabriel começa a contar sobre o início da Dive For Fun o olho dele emite um brilho e hipnotiza qualquer um que está ouvindo. O projeto da Dive For Fun nasceu de uma maneira audaciosa. Quando decidiram empreender, só tinha capital para montagem da escola. Ficariam sem capital de giro para manutenção da empresa e a única saída seria o faturamento.

Daniel, funcionário fundador, conta que a empresa não tinha caixa para pagar o almoço dele naquela época, então ia para casa do Gabriel para almoçarem juntos. No livro War do Sebastian Junger têm passagens que explicam a irmandade entre os soldados no campo de batalha e o quanto eles estão mais preocupados com o destino dos amigos do que consigo próprios. Um sentimento de cumplicidade que se cria quando você divide o pouco que tem numa situação difícil.

No início eram apenas três: Gabriel Vieira, Zegú e Daniel. Gabriel nasceu no interior e nunca teve medo de nada. Audacioso e inteligente sempre buscou e praticou movimentos de médio-longo prazo. Zegú tem traços bem definidos e transborda carisma a ponto de convencer qualquer um a realizar a aventura de ingressar no mundo do mergulho. Uma vez uma pessoa ligou para falar de um assunto aleatório e o Zegú a atendeu. Depois de alguns minutos a pessoa resolveu pegar o carro e ir até DFF para conhecer a escola. É um episódio que descreve bem a personalidade do Zegú. Daniel é mais calado capaz de contar uma piada sem expressão facial. Quem conversa com o Daniel depois de cinco minutos vira fã. Essa equipe confirma mais uma vez que são as pessoas que fazem o mundo girar, pessoas audaciosas e conquistadoras como Gabriel, Zegú e Daniel.

De fato, o mercado brasileiro de mergulho acompanhou o “giro” provido por DFF (Dive For Fun) que em cinco anos de existência, tornou-se uma das maiores escolas de mergulho do Brasil. Nesse meio tempo recebeu a visita do James Morgan, vice-presidente da PADI mundial, ganhou diversos prêmios, foi matéria da reportagem de empreendedores bem-sucedidos. Sem dúvida, é a escola mais cool do setor.

Os clientes, antes de serem tratados como clientes, primeiro viram amigos. Todos eles passam pela porta chamando pelo nome de algum membro da escola. Num processo de bola de neve, cada vez mais atrai gente do bem. A festa de 5 anos da DFF foi assim, ao melhor estilo confraternização em família que sempre cabe mais um. O ambiente ideal para todos se sentirem inseridos no mundo do mergulho – onde precisamos de duplas para dividir absolutamente tudo na água, que seja cool essa dupla.

Dive For Fun – DFF, escola de mergulho promove cursos de mergulho recreativo, cursos de mergulho técnico, equipamentos, viagens nacionais, internacionais e experiências inesquecíveis.
Rua Ximbó 392, Aclimação, SP
Tel: (11) 3213-0906

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.