Caverna inundada mais profunda do mundo é achada na República Tcheca

Foto: Krzysztof Starnawski
Foto: Krzysztof Starnawski

Uma equipe tcheca-polonesa de espeleólogos afirmou nesta sexta-feira (30) que descobriu a caverna inundada mais profunda do mundo, a 404 metros de profundidade, no leste da República Tcheca.

A gruta é conhecida como Hranicka Propast, perto da cidade de Hranice, e bate o recorde ostentado até agora pelo italiano Pozzo del Merro, que tem 392 metros de profundidade, explicou à AFP Miroslav Lukas, membro da Sociedade Espeleológica Tcheca.

Foto: Krzysztof Starnawski
Foto: Krzysztof Starnawski

“Queríamos bater o recorde italiano. Conseguimos, agora temos o número mágico de 404 metros”, explicou Lukas, insistindo que a gruta é “definitivamente” ainda mais profunda.

“Não sei se é cinco metros ou uma centena de metros, mas a profundidade aumentará” sem dúvida, afirmou.

Foto: Krzysztof Starnawski
Foto: Krzysztof Starnawski

Lukas afirmou que as medições haviam sido comprovadas com um robô e graças ao comprimento do cabo conectado à máquina a partir da superfície.

propast_3d_1200

O mergulhador polonês Krzysztof Starnawski desceu em 27 de setembro a uma profundidade de 200 metros dentro da caverna e instalou o robô, que continuou descendo até os 404 metros.

This map made available to The Associated Press by Polish explorer Krzysztof Starnawski on Friday, Sept. 30, 2016, shows a cross-section of the flooded Hranicka Propast, or Hranice Abyss, in the Czech Republic that Starnawski's Czech and Polish team recently revealed to be the world's deepest known flooded cave. On Sept. 27, 2016, the team used a remotely-operated underwater robot, or ROV, to search for the cave's bottom. It went to the record depth of 404 meters (1,325 feet) but still has not found the bottom, during the 'Hranicka Propast - step beyond 400m' expedition led by Starnawski and partly funded by the National Geographic. (Krzysztof Starnawski Expedition via AP)
Mapa feito pelo explorador: Krzysztof Starnawski

Lukas explicou que o projeto é cofinanciado pela sociedade americana National Geographic, que divulgou a notícia na quinta-feira.

Foto: Krzysztof Starnawski
Foto: Krzysztof Starnawski

As primeiras explorações em Hranicka Propast remontam a 1963.

Veja um vídeo de uma exploração anterior:

Hranicka Propast: 217m from Starnawski on Vimeo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.