Canadá se torna o primeiro país a banir importações e exportações de barbatana de tubarão

O governo canadense aprovou uma lei que proíbe a importação e exportação de barbatanas de tubarão, tornando-se o primeiro país do mundo a fazê-lo e recebendo o aplauso de uma nova fundação em homenagem ao falecido e grande cineasta Rob Stewart.

O Canadá importa cerca de 170.000 kg / 187 toneladas de barbatana de tubarão por ano, tornando-se o maior importador de barbatanas de tubarão fora da Ásia.

A legislação vem mais de uma década depois que Rob Stewart lançou sua campanha #finfree.

De acordo com a nascente Rob Stewart Sharkwater Foundation:

“Rob sonhava com um mundo infindável e começou um movimento pelo Canadá, começando com municípios que incluíram Toronto passando uma proibição de barbatana de tubarão em 2011. Este projeto vai longe em nossa luta conjunta para salvar os tubarões.

“O projeto de emenda à barbatana de tubarão é dedicado ao trabalho de Stewart para salvar os tubarões da extinção e para sua memória”, disse o senador Harder.

“Hoje nós saudamos os pais de Rob, Sandy e Brian, por trabalharem incansavelmente para cumprir sua visão, e juntamo-nos a eles em agradecer ao Parlamento Canadense por dar esse importante passo para salvar os tubarões e proteger os ecossistemas oceânicos. Agradecimentos especiais ao Governo do Canadá, Ministro das Pescas, Jonathan Wilkinson, Senador Michael MacDonald, MP Finn Donnelly, MP Pam Damoff, Kristyn Wong-Tam – Vereador de Toronto, Equipe Sharkwater, Phil Gillies e todos os outros que fizeram o sonho de Rob realidade.”

A proibição da barbatana de tubarão no Canadá é um começo incrível para a nova fundação, que defende a conservação dos oceanos, assim como Rob Stewart fez – através de conscientização, educação e entretenimento.

Para mais informações sobre a fundação, confira o vídeo abaixo ou acesse: robstewartsharkwaterfoundation.org.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.