Arquipélago de Alcatrazes prestes a ser aberto a visitação

Arquipélago de Alcatrazes prestes a ser aberto a visitação

Até o final do mês, a segunda turma de condutores subaquáticos e de visita embarcada estará em ação, junto com a primeira turma, para levar turistas ao passeio

Após 30 anos fechado ao público, o arquipélago de Alcatrazes, a 35km da costa de São Sebastião, deverá ser aberto a visitação até o fim de julho.

Mergulho no Arquipélago de Alcatrazes | foto: Kadu Pinheiro

Na semana passada, o Instituto Chico Mendes de Biodiversidades (ICMBio) iniciou o  2° Curso para Capacitação de Condutores de Visitação Pública do Refúgio de Vida Silvestre do Arquipélago de Alcatrazes. Participaram 10 instrutores e 60 alunos, incluindo Leandro Saadi, secretário adjunto de Turismo do município.

Ele frisa a importância da formação dos guias, que atuarão junto com os formados no primeiro curso, realizado em março e abril: “Para garantir a proteção desta área tão sensível e peculiar, a capacitação dos guias embarcados e condutores subaquáticos é primordial, a fim de para causar o mínimo de impacto possível”.

Apoena Calixto Figuerôa, analista ambiental do ICMBio, conta que “na parte teórica do curso foram abordados conteúdos relacionados à conservação de ecossistemas, fauna e flora locais, regras da visitação e manejo vigentes, além de aspectos envolvendo a segurança da navegação e mergulho“.

A capacitação teórica dos guias foi realizada na Fundação Cultural e Educacional (Fundacc) de Caraguatatuba, com a colaboração do Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (Cebimar-USP), do Laboratório de Biologia e Conservação Marinha da Universidade Federal de São Paulo (Labecmar-UNIFESP), da National Association of Underwater Instructors (Naui), do Instituto Argonauta e da Marinha do Brasil. Os alunos aprovados ainda têm que passar por aula prática, no próprio arquipélago.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.