4º Encontro da IANTD investe no aprimoramento dos profissionais

Segurança, saúde, legislação, marketing, vida marinha e novidades da agência. Essa foi a pauta desenvolvida por instrutores e dive master da IANTD reunidos em Sorocaba.

Por Cristiane Collich Sampaio* | Fotos: Marcelo Bomfim

Novidades sobre a IANTD, saúde e segurança no mergulho, atualização de procedimentos em primeiros socorros, aspectos jurídicos envolvidos na atividade, marketing e vida marinha fizeram parte da programação que nos dias 20 e 21 de outubro reuniu profissionais ligados à IANTD Brasil, em Sorocaba (SP).

Além de estreitar as relações entre participantes de diferentes partes do país, o 4º Encontro de Profissionais da IANTD, que aconteceu nas instalações da Subaquática Mergulho (escola de mergulho), ofereceu uma visão diversificada de distintos aspectos relacionados com o mergulho, conhecimentos adicionais sobre a atividade, reciclagem de informações e de técnicas de primeiros socorros.

O evento contou com o apoio da Subaquática Mergulho, que cedeu gratuitamente suas instalações para o evento, da Kiss Rebreathers, DAN Brasil, Divesoft e Magia das Joias.

O primeiro dia do encontro foi reservado para informes da agência e palestras. O IANTD Brazil Licensee Manager, o instrutor trainer (IT) Marcelo Bomfim divulgou novidades da agência no Brasil e em âmbito mundial. Dentro desse escopo, destacou a filiação à World Recreational Scuba Training Council (WRSTC), a adequação às exigências da certificação ISO e, ainda, a participação da IANTD Brasil junto à Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), no Grupo de Trabalho sobre Regulamentação do Mergulho.

Ciclo de palestras

Palestras, atualização e treinamento

Ao longo do sábado, cinco palestrantes se sucederam na programação. Saúde do Mergulhador foi o tema apresentado pelo médico do Esporte e IT IANTD Gabriel Ganme. Entre outros pontos, enfatizou a importância de os instrutores – e também os mergulhadores – realizarem atividade física regular e também checkup anual, citando os quesitos a serem observados nessa avaliação.

Gabriel Ganme

Quanto ao mergulho técnico, ele considerou fundamental o condicionamento, por causa do peso dos equipamentos e da batida de perna, e reposição energética, para mergulhos muito longos.

Para concluir sua apresentação, o médico relacionou condições clínicas que merecem atenção especial e os quadros considerados incompatíveis com a atividade do mergulho.

Coube ao biólogo marinho Eric Comin, autor do livro Vida Marinha: 1° guia ilustrado para crianças apresentar palestra sobre a classificação e o comportamento das raias mantas gigantes. Eric, que atua no Projeto Mantas do Brasil do Instituto Laje Viva, é instrutor de mergulho (em vias de ingressar na IANTD) e monitor ambiental do Parque Estadual Marinho da Laje de Santos.

Ele mostrou um vídeo e fez um convite a todos para que, durante avistagens, fotografem as mantas e enviem as imagens para o projeto, contribuindo, assim, com o trabalho dos pesquisadores. As manchas das jamantas são como que digitais, únicas, exclusivas de cada indivíduo.

Eric Comin e Roberto Trindade

Em seguida, o publicitário, mergulhador técnico e instrutor IANTD Sergio Martins Rosa apresentou palestra sobre o marketing direcionado ao mergulho e à agência. Atuando atualmente no Banco Central do Brasil (BC), é professor e possui MBA em Gestão Empresarial, com passagem por grandes empresas.

Após rápida análise do cenário econômico do país, do mercado e do consumidor, mostrou como o marketing da IANTD pode influenciar os negócios de mergulho como um todo, especialmente os diretamente relacionados com a agência. Ele recomendou que os diferentes elos da cadeia do mergulho ligados à agência – instrutores, escolas, operadoras – trabalhem juntos, em sinergia.

O ITT IANTD José Mário Ventura, instrutor técnico e também DAN (Divers Alert Network) Examiner, abordou os programas de treinamento e de associação DAN Brasil.

Ao se referir aos serviços prestados pela organização a seus associados, entre os quais planos de assistência relacionados a acidentes de mergulho, Zé Mário, como é conhecido, citou que os valores praticados para o tratamento hiperbárico particular podem variar entre R$ 6 mil e 8 mil no Brasil e chegar a US$ 30 mil no exterior, enquanto que no território nacional a remoção de um paciente pode atingir o custo de R$ 50 mil.

Momento de descontração durante o evento

Ele explicou que a DAN não é uma seguradora; ela contrata uma empresa internacional de seguro, que presta esse serviço a seus associados. E detalhou como são prestados os benefícios do Plano DAN Brasil TravelAssist para os mergulhadores associados, no Brasil e no exterior.

O advogado e consultor jurídico Pedro Novaes, do Martins Bastos Advogados, realizou a última palestra da programação, abordando os Aspectos Jurídicos do Mergulho – Tudo o que você nunca quis saber sobre responsabilidade legal e tinha medo de perguntar. Em sua apresentação, destacou as diferenças entre a legislação brasileira e norte-americana, país de origem da IANTD, referentes às responsabilidades dos distintos agentes da cadeia do mergulho diante de um acidente.

Em virtude das diferenças das legislações referentes à responsabilidade civil de cada país, ele advertiu que o termo de isenção de responsabilidade norte-americano, ainda que usado por certificadoras e operadoras do Brasil, é inútil perante a lei brasileira. Além de citar diversos outros dispositivos legais, como o Código Civil, que reforçam essa afirmação, ele comentou que o Código de Defesa do Consumidor (CDC) sempre prevê que, diante de defeito no produto ou falha no serviço, a responsabilidade é partilhada por todos os envolvidos, exceto o consumidor final e/ou vítimas do evento. E isso se aplica a acidentes de mergulho.

Atualização em Primeiros Socorros e Resgate

No domingo, dia 21, o ITT IANTD no campo de Primeiros Socorros e Resgate Roberto Trindade se dedicou à revisão de conceitos e procedimentos relacionados às técnicas de primeiros socorros e resgate, diante das recentes alterações nos protocolos internacionais. A Atualização das Diretrizes de Suporte Básico de Vida (abrangendo adultos, crianças e lactentes) se desenvolveu durante todo o dia e princípio da noite, abordando Reanimação cardiopulmonar, Obstrução de vias aéreas, Hemorragias e Trauma vertebro medular, com exposições teóricas e treinamento prático, com manequins dedicados e desfibriladores.

Além de sua função na IANTD, por sua larga experiência nesses campos, o responsável pelo treinamento é formado em Educação Física, Psicologia e Turismo, com mestrado em Psicologia.

Durante o treinamento, além de transmitir informações e dados sobre as diferentes situações, o especialista aplicou exercícios práticos sobre técnicas de massagem cardiorrespiratória, ventilação e provisão de oxigênio (com uso de máscara oneway, balão para respiração e cilindro de oxigênio), desobstrução de vias aéreas, contenção de hemorragias, desfibrilação, entre outros procedimentos. Conforme explicou, estes variam de acordo com a gravidade do quadro e o tipo de caso.

O 5º Encontro de Profissionais da IANTD, conforme adiantado em Sorocaba, está previsto para se realizar ainda no primeiro semestre de 2019, em local a ser futuramente definido.

* Cristiane Collich Sampaio é jornalista e mergulhadora (collichc@uol.com.br) / Fotos: Marcelo Bomfim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.